A ART

Quem somos?

É uma associação de residentes que, através de uma participação cívica consciente, procuram resolver problemas da comunidade, nesta área de Lisboa.

Através da Associação, os residentes de Telheiras procuram fomentar:

  • A criação de infra-estruturas de apoio directo à comunidade residente.
  • A realização de actos que visem promover, directa ou indirectamente, o aperfeiçoamento social, cultural, físico e cívico dos seus membros residentes
  • O espírito de solidariedade e civismo entre os residentes da área de Telheiras, efectuando e promovendo reuniões, visitas, actividades desportivas, sociais ou intelectuais, no sentido de defender, preservar e melhorar as vertentes urbanística e ecológica desta área residencial.
  • A animação cultural, social, desportiva e recreativa, desenvolvendo e promovendo actividades em áreas em que os associados e os residentes manifestem interesse: Vertente Recreativa.
  • A participação dos residentes de Telheiras, como interlocutores indispensáveis, em todas as decisões importantes, relacionadas com a vida do bairro, com especial incidência nas questões da qualidade do ambiente urbano, do meio escolar e da segurança, aprofundando relações institucionais com os principais decisores políticos e administrativos: Vertente reivindicativa / Participação cívica.
  • O apoio aos residentes em questões de natureza pública ligadas à vivência no bairro, facilitando e agilizando a sua resolução através de contributos específicos ou do seu correcto encaminhamento – Vertente serviço.

aa

Como funcionamos?

A ART é uma Associação sem pessoal contratado nem especializado nem um advogado/jurista temos, o que às vezes faz muita falta…

Tudo o que é feito, é voluntariamente, pelos próprios sócios ou moradores, na disponibilidade dos seus tempos e segundo as suas motivações ou preocupações.

Juntamo-nos, trocamos experiências e tratamos dos casos em equipe.

Se tem algum problema a resolver, não nos peça para o fazer ou para o tratar:

Venha resolvê-lo connosco. Nós ajudamo-lo.

a

Órgãos Sociais 2013-2015

Mesa Assembleia Geral
Carlos Manuel Ascensão Calado
Manuel Luís Ferreira Martins Alves
Manuel António Silva

Conselho Fiscal
Manuel Figueiredo
Pedro Filipe Correia
Ricardo Alexandre Carvalho

Direção
Mário Filomeno Alves Alpalhão
Luís Teixeira Queirós
José Manuel Machado Afonso
Vítor Manuel Soares Dias
Maria Conceição Lopes Cardeira

Suplente
Pedro Reis

O trabalho desenvolvido pela actual Direcção da ART tem sido bastante positivo, justificando a sua continuidade. Face a esta realidade, propõe-se esta Lista continuar na linha do desempenho da Direcção que vai cessar funções, proposta que não compromete a introdução quer de ajustamentos, resultantes da dinâmica do bairro, quer mesmo de inovações que se afigurem adequadas. Por força de recentes alterações legislativas, uma das áreas onde há necessidade de ajustamento situa-se no modelo contabilístico, que terá que adaptar-se aos novos requisitos legais. Outra área que será objecto de alteração, prende-se com a comunicação com os sócios. Manter-se-á o Boletim Informativo – NEWSLETTER ART Informação -, mas através de outros meios procurar-se-á uma maior inter-relação entre a ART e os sócios bem como algum investimento na captação de novos sócios. Outro objetivo desta Lista é o reforço da ligação da ART ao comércio local, através de uma relação que permita alguns benefícios aos sócios da ART. As actividades culturais são a principal Imagem da ART que esta Lista não só irá manter, mas que irá desenvolver introduzindo novas actividades. É também objectivo desta Lista a promoção, com regularidade, de eventos culturais nos espaços públicos de Telheiras, aproximando-os da população. Propõe-se ainda, neste âmbito, uma maior proximidade ás colectividades locais, nomeadamente as escolas. Porque muitas vezes o poder local (Juntas de Freguesia e Autarquias) não respondem às reclamações das pessoas singulares, propõe esta Lista a criação, em momento oportuno, de um gabinete de apoio ao residente que poderia facilitar a resolução daqueles pequenos problemas que, cada um individualmente não tem força para receber a devida atenção da Junta de Freguesia ou Câmara.

Missão da ART

Ajudar a criar as condições para que os residentes gostem de viver e conviver no bairro.

%d bloggers like this: