Vamos à Matilde

Ainda não fez um ano e já Matilde, Bazar do pão, conquistou muita gente do bairro. Talvez seja do cheirinho que vem do forno a funcionar a várias horas do dia, ora com pão, ora com bolos ou scones. Talvez seja do espaço em si, um bocadinho à moda antiga, a puxar ao tradicional da aldeia. Talvez das pequeninas coisas, das atenções, do espírito da casa.

“Tudo o que está aqui saiu da nossa cabeça e foi feito à nossa medida. A decoração, os móveis desenhados por nós, os quadros, as fotografias alusivas ao tema do pão, os moinhos – somos da zona do Oeste. Gostamos de preservar as coisas antigas”.

O telefone, a balança, as rendas, ilustram o que é dito. Matilde Sequeira , engenheira civil de formação, sente-se feliz por realizar uma ideia antiga. “ Vivemos do nosso trabalho mas ele é muito mais do que um negócio. Fazer dinheiro não é o nosso objectivo. Para isso ficava na minha área. Estamos a realizar um sonho, a fazer com amor!”.

E Matilde sente-se feliz por ter escolhido Telheiras . “O bairro é muito interessante. Muita gente se conhece. Os nossos clientes habituais transmitem-nos a ideia de que se sentem em casa. O nosso cantinho com as suas características de aldeia é assim. Uma coisa caseira, que dá gosto a quem cá trabalha e a quem cá vem. As pessoas fazem comentários, falam de mesa para mesa, criam elos de ligação. Já consegui fazer aqui laços de amizade… não é como na grande cidade, impessoal. “

“Ah, vocês aqui tem sempre um miminho para nós”, disse-me uma cliente, conta Matilde. De facto, no dia mundial do pão, em meados de Outubro, houve provas de pão; No dia de SãoMartinho, castanhas e gerupiga. “Agora, com muita gente cabisbaixa, a dizer que não há Natal por causa da crise, enrolámos papelinhos com uma mensagem para as pessoas irem tirando. Tentamos chegar ao coração, acordar um espírito mais natalício. Às vezes pequenas coisas podem tornar o dia de alguém mais feliz”, diz a dona do Bazar do Pão, situado na Rua Mário Chicó, perto dos correios.

Também “Era uma vez o Natal”, tema de ligação da festa montada pelos grupos da ART, na manhã de Sábado 4 de Dezembro, para assinalar a quadra no bairro, conta com chá de flores e frutos, biscoitos e bolinhos, presente da Matilde.

Advertisements

One Response to Vamos à Matilde

  1. Sandra Lapa says:

    Parabéns Amiga!!!!!
    Que tudo te corra mesmo bem!
    Qdo for rumo a Lx passo por aí!!!!!
    Beijos grandes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: