Era uma vez a Terra

Na manhã de segunda-feira, dia 8 de Novembro, Maria Santos esticava-se para pendurar mais um planeta, no tecto da entrada na Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro (BMOR), na estrada de Telheiras. A ex-deputada, agora a trabalhar na Agência Municipal de Energia e Ambiente, Lisboa e-nova, transpirava entusiasmo enquanto subia e descia o escadote.

Tratava-se de instalar a exposição itinerante “Era uma vez a terra”, desde Outubro a correr a cidade e agora, até 20 de Novembro, em Telheiras.

“Sabias que vivemos num mundo de poeiras que podem ter origem a milhares de quilómetros de distância?” A pergunta dirige-se a um público jovem (as Escolas podem inscrever-se pelo e-mailbib.oribeiro.emp@cm-lisboa.pt, indicando o nome da Escola, nível de escolaridade e número de alunos.)

Mas a BMOR abre de Terça-Feira a Sexta-Feira, das 10h00 às 19h00 e Segunda-Feira e Sábado das 13h00 às 19h00 para todos. E as ideias fortes desta iniciativa integrada na Década das Nações Unidas da Educação para o Desennvolvimento Sustentável , a decorrer até 2014, são as de que é prioritário conhecermos a terra em que vivemos e que “saber o porquê das coisas torna o cidadão mais livre e interveniente na sociedade.” Ora agora, a exposição está patente na BMOR, que ao receber o nome do geógrafo Orlando Ribeiro recebeu também como tema orientador …a cidadania.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: